Abuso sexual infantil, trauma e depressão na vida adulta: um estudo de caso

Autores: Omar Moreira Del BiancoI; Rosa Maria Tosta ;


Este trabalho tem como objetivo verificar e analisar a associação entre os acontecimentos traumáticos na infância - em especial o abuso sexual - e o transtorno depressivo. Fundamenta-se principalmente nos pressupostos psicanalíticos de Winnicott, Ferenczi e Masud Khan. Trata-se de um estudo de caso de uma mulher de sessenta e dois anos que apresentava, no processo psicoterápico, acentuado quadro depressivo e severos sentimentos inconscientes de culpa. As reflexões clínicas derivadas dos questionamentos teórico-práticos trazidos pelo atendimento da paciente e a melhora de sua sintomatologia com a psicoterapia motivaram a elaboração deste artigo. Os resultados indicam que os múltiplos e crônicos traumas intrafamiliares ocorridos na infância foram fatores importantes para o quadro de depressão da paciente, levando a crer que o trauma decorrente do abuso sexual pode ser decisivo para a futura eclosão dessa patologia.


Palavras-chave : Depressão; Abuso sexual infantil; Trauma; D.W. Winnicott.


Link:

http://pepsic.bvsalud.org/scielo.php?script=sci_abstract&pid=S1983-82202021000200004&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt